Ultimas Postagens

Receita abre inscrições para 278 vagas de auditor-fiscal




A Receita Federal abre nesta quinta-feira (13) as inscrições do concurso para 278 vagas de auditor-fiscal. Do total das vagas, 14 são reservadas para pessoas com deficiência. O salário é de R$ 14.965,44.
No site da Esaf, é possível ver o edital (acesse o edital).
Para participar da seleção, os candidatos devem ter diploma de curso superior concluído em qualquer área, em nível de graduação, devidamente registrado no Ministério da Educação.

As oportunidades são para as unidades centrais da secretaria da Receita Federal em Brasília e nas unidades descentralizadas. A Receita não informou as cidades que abrangem essas unidades.

As inscrições podem ser feitas no período de 13 a 27 de março pelo site www.esaf.fazenda.gov.br. A taxa é de R$ 130.

A seleção terá duas etapas. A primeira compreende prova objetiva de conhecimentos gerais, prova objetiva de conhecimentos específicos e prova discursiva. A segunda etapa será para investigação de vida pregressa, na qual são checadas as informações prestadas pelo candidato e se avalia se ele tem o perfil para assumir a vaga.

As provas objetiva e discursiva serão aplicadas na data provável de 10 e 11 de maio, nas cidades de Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Macapá, Maceió, Manaus, Natal, Palmas, Porto Alegre, Porto Velho, Recife, Rio Branco, Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, São Paulo, Teresina e Vitória.



A Receita Federal abre nesta quinta-feira (13) as inscrições do concurso para 278 vagas de auditor-fiscal. Do total das vagas, 14 são reservadas para pessoas com deficiência. O salário é de R$ 14.965,44.
No site da Esaf, é possível ver o edital (acesse o edital).
Para participar da seleção, os candidatos devem ter diploma de curso superior concluído em qualquer área, em nível de graduação, devidamente registrado no Ministério da Educação.

As oportunidades são para as unidades centrais da secretaria da Receita Federal em Brasília e nas unidades descentralizadas. A Receita não informou as cidades que abrangem essas unidades.

As inscrições podem ser feitas no período de 13 a 27 de março pelo site www.esaf.fazenda.gov.br. A taxa é de R$ 130.

A seleção terá duas etapas. A primeira compreende prova objetiva de conhecimentos gerais, prova objetiva de conhecimentos específicos e prova discursiva. A segunda etapa será para investigação de vida pregressa, na qual são checadas as informações prestadas pelo candidato e se avalia se ele tem o perfil para assumir a vaga.

As provas objetiva e discursiva serão aplicadas na data provável de 10 e 11 de maio, nas cidades de Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Macapá, Maceió, Manaus, Natal, Palmas, Porto Alegre, Porto Velho, Recife, Rio Branco, Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, São Paulo, Teresina e Vitória.
Leia Mais

Concurso do Ministério da Fazenda - 1.026 vagas

Ministério da Fazenda abriu concurso público para 1.026 vagas de assistente técnico-administrativo. O salário é de R$ 3.050,82. Do total das oportunidades, 66 são reservadas para pessoas com deficiência.
No site do Diário Oficial da União, é possível ver o edital (acesse o edital).
Para participar da seleção, os candidatos devem ter nível médio. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais.

As vagas são para os estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.
As inscrições devem ser feitas entre os dias 3 e 16 de fevereiro pelo site www.esaf.fazenda.gov.br. A taxa é de R$ 62.
A seleção será feita por meio de prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos.
As provas serão aplicadas na data provável de 27 de abril nas cidades de Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Macapá, Maceió, Manaus, Natal, Palmas, Porto Alegre, Porto Velho, Recife, Rio Branco, Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, Teresina e Vitória.
A validade do concurso será de 1 ano, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Fonte:G1
Ministério da Fazenda abriu concurso público para 1.026 vagas de assistente técnico-administrativo. O salário é de R$ 3.050,82. Do total das oportunidades, 66 são reservadas para pessoas com deficiência.
No site do Diário Oficial da União, é possível ver o edital (acesse o edital).
Para participar da seleção, os candidatos devem ter nível médio. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais.

As vagas são para os estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.
As inscrições devem ser feitas entre os dias 3 e 16 de fevereiro pelo site www.esaf.fazenda.gov.br. A taxa é de R$ 62.
A seleção será feita por meio de prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos.
As provas serão aplicadas na data provável de 27 de abril nas cidades de Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Macapá, Maceió, Manaus, Natal, Palmas, Porto Alegre, Porto Velho, Recife, Rio Branco, Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, Teresina e Vitória.
A validade do concurso será de 1 ano, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Fonte:G1
Leia Mais

Concurso da Camara dos Deputados -113 Vagas


A Câmara dos Deputados divulgou edital de concurso público para 113 vagas de nível médio e superior. Os salários são de R$ 12.286,61 e R$ 25.105,39, respectivamente. Do total das vagas, 5 são reservadas para pessoas com deficiência.
No site do Diário Oficial da União, é possível ver o edital (acesse o edital).
Os cargos de nível superior são para analista legislativo nas funções de consultor de orçamento e fiscalização financeira, consultor legislativo.
As vagas de nível médio são para técnico legislativo na função de agente de polícia legislativa.
Os candidatos podem se inscrever pelo sitewww.cespe.unb.br/concursos/cd_14_at no período de 5 a 24 de fevereiro. A taxa é de R$ 110 para técnico legislativo e R$ 150 para analista legislativo.
A seleção será feita por meio de prova objetiva, prova discursiva, prova de aptidão física para o cargo de técnico administrativo – agente de polícia legislativa e avaliação de títulos para analista legislativo nas funções de consultor de orçamento e fiscalização financeira e consultor legislativo.
As provas objetivas para os cargos de analista legislativo serão aplicadas no dia 13 de abril e terão 3h30 de duração. No dia 20 de abril serão aplicadas as provas objetivas e discursivas para técnico legislativo, que terão 5h de duração, e também as provas discursivas para os cargos de analista. Todas as etapas serão em Brasília.
O concurso terá validade de dois anos e poderá ser prorrogado, uma vez, pelo mesmo período.

A Câmara dos Deputados divulgou edital de concurso público para 113 vagas de nível médio e superior. Os salários são de R$ 12.286,61 e R$ 25.105,39, respectivamente. Do total das vagas, 5 são reservadas para pessoas com deficiência.
No site do Diário Oficial da União, é possível ver o edital (acesse o edital).
Os cargos de nível superior são para analista legislativo nas funções de consultor de orçamento e fiscalização financeira, consultor legislativo.
As vagas de nível médio são para técnico legislativo na função de agente de polícia legislativa.
Os candidatos podem se inscrever pelo sitewww.cespe.unb.br/concursos/cd_14_at no período de 5 a 24 de fevereiro. A taxa é de R$ 110 para técnico legislativo e R$ 150 para analista legislativo.
A seleção será feita por meio de prova objetiva, prova discursiva, prova de aptidão física para o cargo de técnico administrativo – agente de polícia legislativa e avaliação de títulos para analista legislativo nas funções de consultor de orçamento e fiscalização financeira e consultor legislativo.
As provas objetivas para os cargos de analista legislativo serão aplicadas no dia 13 de abril e terão 3h30 de duração. No dia 20 de abril serão aplicadas as provas objetivas e discursivas para técnico legislativo, que terão 5h de duração, e também as provas discursivas para os cargos de analista. Todas as etapas serão em Brasília.
O concurso terá validade de dois anos e poderá ser prorrogado, uma vez, pelo mesmo período.
Leia Mais

Concurso do STF será realizado pelo Cespe/UnB

http://s2.glbimg.com/eqJ8CxTtBy3a8LRnlGQlnZgwr-s=/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2013/09/06/stf.jpg

O Supremo Tribunal Federal (STF) escolheu o Cespe/UnB para organizar o concurso público no órgão. O número de vagas e os cargos não foram divulgados. O STF informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que as informações constarão do edital, mas ainda não há previsão de data para a publicação.

O último concurso no STF foi em 2008 para 188 vagas - 77 para técnico judiciário (nível médio), com salário de R$ 3.323,52, e 111 para analista judiciário (nível superior em várias especialidades), com salário de R$ 5.484,08. O concurso teve 94.442 inscritos – média de 502,35 candidatos por vaga. A seleção também foi organizada pelo Cespe/UnB.
Para nível técnico, área administrativa, foram oferecidas 44 vagas disputadas por 55.659, ou 1.264,98 candidatos por vaga. Outras 33 vagas foram destinadas a apoio especializado – especialidade em tecnologia da informação, que apresentou 5.758 inscrições (174,48 por vaga).
De nível superior, 1.558,80 candidatos disputaram uma das 5 vagas na área administrativa - total de 7.794 candidatos se inscreveram. No cargo de analista judiciário, na área judiciária, foram abertas 44 vagas, disputadas por 14.200 pessoas, equivalendo a 322,73 candidatos por vaga. Nas quatro vagas previstas no edital para analista judiciário, área judiciária – especialidade em execução de mandados – a concorrência foi de 253,50 candidatos por vaga - total de 1.014 inscrições. Na área administrativa – especialidade em contabilidade – 1.236 candidatos concorrem para três vagas (412 pessoas por vaga).
Outros cargos de nível superior apresentaram os seguintes números referentes aos candidatos por vaga: análise de sistemas de informação (92,80), arquitetura (385), biblioteconomia (304), enfermagem (613), engenharia mecânica (121), medicina – ramo clínica médica (169), odontologia (509), endodontia (154), revisão de texto (540,40), suporte em tecnologia da informação (83,56).
http://s2.glbimg.com/eqJ8CxTtBy3a8LRnlGQlnZgwr-s=/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2013/09/06/stf.jpg

O Supremo Tribunal Federal (STF) escolheu o Cespe/UnB para organizar o concurso público no órgão. O número de vagas e os cargos não foram divulgados. O STF informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que as informações constarão do edital, mas ainda não há previsão de data para a publicação.

O último concurso no STF foi em 2008 para 188 vagas - 77 para técnico judiciário (nível médio), com salário de R$ 3.323,52, e 111 para analista judiciário (nível superior em várias especialidades), com salário de R$ 5.484,08. O concurso teve 94.442 inscritos – média de 502,35 candidatos por vaga. A seleção também foi organizada pelo Cespe/UnB.
Para nível técnico, área administrativa, foram oferecidas 44 vagas disputadas por 55.659, ou 1.264,98 candidatos por vaga. Outras 33 vagas foram destinadas a apoio especializado – especialidade em tecnologia da informação, que apresentou 5.758 inscrições (174,48 por vaga).
De nível superior, 1.558,80 candidatos disputaram uma das 5 vagas na área administrativa - total de 7.794 candidatos se inscreveram. No cargo de analista judiciário, na área judiciária, foram abertas 44 vagas, disputadas por 14.200 pessoas, equivalendo a 322,73 candidatos por vaga. Nas quatro vagas previstas no edital para analista judiciário, área judiciária – especialidade em execução de mandados – a concorrência foi de 253,50 candidatos por vaga - total de 1.014 inscrições. Na área administrativa – especialidade em contabilidade – 1.236 candidatos concorrem para três vagas (412 pessoas por vaga).
Outros cargos de nível superior apresentaram os seguintes números referentes aos candidatos por vaga: análise de sistemas de informação (92,80), arquitetura (385), biblioteconomia (304), enfermagem (613), engenharia mecânica (121), medicina – ramo clínica médica (169), odontologia (509), endodontia (154), revisão de texto (540,40), suporte em tecnologia da informação (83,56).
Leia Mais

Bacen - abre concurso para 500 vagas

 

O Banco Central abriu concurso para 500 vagas de cargo de técnico e analista. Para analista são seis áreas temáticas, e para técnico são duas. São 400 vagas para analista e 100 para técnico. Os salários chegam a R$ 14.289,24. As vagas são para Belém, Brasilia, São Paulo, Salvador e Porto Alegre. Brasília tem o maior número de vagas. São 428: 351 para analista e 77 para técnico. Outras 28 são para São Paulo, todas para analista, 25 são para Belém (13 para analista e 12 para técnico), 12 em Salvador (8 para analista e 4 para técnico) e 7 para Porto Alegre (todas para técnico).
No site do Cespe/UnB, é possível ver o edital (acesse o edital).

O candidato ao cargo de analista deverá optar entre as seguintes áreas: área 1 - análise e desenvolvimento de sistemas; área 2 - suporte à infraestrutura de tecnologia da informação; área 3 - política econômica e monetária; área 4 - contabilidade e finanças; área 5 - infraestrutura e logística e área 6 - gestão e análise processual.
É exigido curso de nível superior em qualquer área. O salário é de R$ 13.595,85 até 31 de dezembro de 2013, e de R$ 14.289,24, a partir de 1º de janeiro de 2014.
O candidato a técnico deverá escolher entre as áreas suporte técnico-administrativo e segurança institucional. É necessário nível médio completo. O salário é de R$ 5.158,23 até 31 de dezembro de 2013, e de R$ 5.421,30 a partir de 1º de janeiro de 2014.

Locais de vagas
Para analista são 15 vagas para a área 1, em Brasília; 12 vagas para a área 2 em Brasília; 2 vagas para a área 3, em Belém; 48 vagas para a área 3, em Brasília; 101 vagas para a área 4, em Brasília; 16 vagas  para a área 4, em São Paulo; 11 vagas para a área 5, em Belém; 68 vagas para a área 5, em Brasília; 8 vagas para a área 5, em Salvador; 6 vagas para a área 5, em São Paulo; 107 vagas para a área 6, em  Brasília, e 6 vagas para a área 6, em São Paulo.

Para técnico são 4 vagas para Belém, na área 1; 70 para Brasília, na área 1; e 4 para Porto Alegre, na área 1. Outras 8 são para Belém, na área 2; 7 para Brasília, na área 2; 3 para Porto Alegre, na área 2; e 4 para Salvador, na área 2.
Inscrições
As inscrições devem ser feitas pelo site http://www.cespe.unb.br/concursos/bacen_13_analista_tecnico de 22 de agosto a 9 de setembro. As taxas são de R$ 120 para analista e de R$ 70 para técnico.

Provas
A primeira etapa do concurso engloba provas objetivas e discursivas para os cargos de analista e de técnico, prova discursiva, para os cargos de analista e de técnico, e avaliação de títulos, somente para o cargo de analista. A segunda etapa do concurso consistirá de Programa de Capacitação, para os cargos de analista e de técnico.

As provas objetivas, a prova discursiva, a avaliação de títulos, a entrega da documentação relativa à vida pregressa e a perícia médica dos candidatos que se declararem com deficiência serão realizadas nas cidades de Belém, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. O Programa de Capacitação será realizado em Brasília, que terá carga horária total de 120 horas presenciais, em tempo integral, com atividades que poderão ser desenvolvidas nos turnos diurno e noturno, inclusive sábados, domingos e feriados.

As disciplinas da prova de conhecimentos básicos para analista são língua portuguesa, língua inglesa, raciocínio lógico, direito constitucional, direito administrativo (exceto para a área 6), sistema financeiro nacional e sistema de pagamentos brasileiro e economia (exceto para a área 3).

As disciplinas da prova de conhecimentos básicos para técnico são língua portuguesa, noções de direito constitucional, noções de direito administrativo, gestão pública, informática para usuários e raciocínio lógico-quantitativo.

As provas objetivas para o cargo de analista terão a duração de 3h30 e serão aplicadas na data provável de 20 de outubro, no turno da manhã. As provas discursivas para o cargo de analista terão a duração de 4 horas e serão aplicadas na data provável de 20 de outubro, no turno da tarde. As provas objetivas e as provas discursivas para o cargo de técnico terão a duração de 4h30 e serão aplicadas na data provável de 20 de outubro, no turno da tarde. Portanto, não é possível se inscrever para os dois cargos.

Na data provável de 10 de outubro, será publicado no Diário Oficial da União e divulgado no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/bacen_13_analista_tecnico edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas.

Fonte:G1
 

O Banco Central abriu concurso para 500 vagas de cargo de técnico e analista. Para analista são seis áreas temáticas, e para técnico são duas. São 400 vagas para analista e 100 para técnico. Os salários chegam a R$ 14.289,24. As vagas são para Belém, Brasilia, São Paulo, Salvador e Porto Alegre. Brasília tem o maior número de vagas. São 428: 351 para analista e 77 para técnico. Outras 28 são para São Paulo, todas para analista, 25 são para Belém (13 para analista e 12 para técnico), 12 em Salvador (8 para analista e 4 para técnico) e 7 para Porto Alegre (todas para técnico).
No site do Cespe/UnB, é possível ver o edital (acesse o edital).

O candidato ao cargo de analista deverá optar entre as seguintes áreas: área 1 - análise e desenvolvimento de sistemas; área 2 - suporte à infraestrutura de tecnologia da informação; área 3 - política econômica e monetária; área 4 - contabilidade e finanças; área 5 - infraestrutura e logística e área 6 - gestão e análise processual.
É exigido curso de nível superior em qualquer área. O salário é de R$ 13.595,85 até 31 de dezembro de 2013, e de R$ 14.289,24, a partir de 1º de janeiro de 2014.
O candidato a técnico deverá escolher entre as áreas suporte técnico-administrativo e segurança institucional. É necessário nível médio completo. O salário é de R$ 5.158,23 até 31 de dezembro de 2013, e de R$ 5.421,30 a partir de 1º de janeiro de 2014.

Locais de vagas
Para analista são 15 vagas para a área 1, em Brasília; 12 vagas para a área 2 em Brasília; 2 vagas para a área 3, em Belém; 48 vagas para a área 3, em Brasília; 101 vagas para a área 4, em Brasília; 16 vagas  para a área 4, em São Paulo; 11 vagas para a área 5, em Belém; 68 vagas para a área 5, em Brasília; 8 vagas para a área 5, em Salvador; 6 vagas para a área 5, em São Paulo; 107 vagas para a área 6, em  Brasília, e 6 vagas para a área 6, em São Paulo.

Para técnico são 4 vagas para Belém, na área 1; 70 para Brasília, na área 1; e 4 para Porto Alegre, na área 1. Outras 8 são para Belém, na área 2; 7 para Brasília, na área 2; 3 para Porto Alegre, na área 2; e 4 para Salvador, na área 2.
Inscrições
As inscrições devem ser feitas pelo site http://www.cespe.unb.br/concursos/bacen_13_analista_tecnico de 22 de agosto a 9 de setembro. As taxas são de R$ 120 para analista e de R$ 70 para técnico.

Provas
A primeira etapa do concurso engloba provas objetivas e discursivas para os cargos de analista e de técnico, prova discursiva, para os cargos de analista e de técnico, e avaliação de títulos, somente para o cargo de analista. A segunda etapa do concurso consistirá de Programa de Capacitação, para os cargos de analista e de técnico.

As provas objetivas, a prova discursiva, a avaliação de títulos, a entrega da documentação relativa à vida pregressa e a perícia médica dos candidatos que se declararem com deficiência serão realizadas nas cidades de Belém, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. O Programa de Capacitação será realizado em Brasília, que terá carga horária total de 120 horas presenciais, em tempo integral, com atividades que poderão ser desenvolvidas nos turnos diurno e noturno, inclusive sábados, domingos e feriados.

As disciplinas da prova de conhecimentos básicos para analista são língua portuguesa, língua inglesa, raciocínio lógico, direito constitucional, direito administrativo (exceto para a área 6), sistema financeiro nacional e sistema de pagamentos brasileiro e economia (exceto para a área 3).

As disciplinas da prova de conhecimentos básicos para técnico são língua portuguesa, noções de direito constitucional, noções de direito administrativo, gestão pública, informática para usuários e raciocínio lógico-quantitativo.

As provas objetivas para o cargo de analista terão a duração de 3h30 e serão aplicadas na data provável de 20 de outubro, no turno da manhã. As provas discursivas para o cargo de analista terão a duração de 4 horas e serão aplicadas na data provável de 20 de outubro, no turno da tarde. As provas objetivas e as provas discursivas para o cargo de técnico terão a duração de 4h30 e serão aplicadas na data provável de 20 de outubro, no turno da tarde. Portanto, não é possível se inscrever para os dois cargos.

Na data provável de 10 de outubro, será publicado no Diário Oficial da União e divulgado no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/bacen_13_analista_tecnico edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas.

Fonte:G1
Leia Mais

TCU - divulga edital para 29 vagas


 


O Tribunal de Contas da União (TCU) divulgou edital de concurso público para 29 vagas de auditor federal de controle externo. Do total das oportunidades, 1 vaga é reservada para candidatos com deficiência. O salário é de R$ 12.076,90.
No site do Cespe/UnB, é possível ver o edital (acesse o edital).
Todas as oportunidades são para o cargo de auditor federal de controle externo – área controle externo – especialidade auditoria governamental – orientação auditoria governamental.
Para participar da seleção, os candidatos devem ter nível superior em qualquer área de formação. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.
As atividades do cargo são: desenvolver atividades de planejamento, de coordenação e de execução relativas à fiscalização e ao controle externo da arrecadação e aplicação de recursos da União, bem como da administração desses recursos, examinando a legalidade, a legitimidade, a economicidade, a eficiência e a efetividade em seus aspectos financeiro, orçamentário, contábil, patrimonial e operacional, dos atos jurisdicionados ao Tribunal de Contas da União.
As vagas são para Brasília (19), Amapá (2), Amazonas (2), Mato Grosso (2), Pará (2) e Rondônia (2).
As inscrições devem ser feitas entre os dias 19 de agosto a 3 de setembro pelo site www.cespe.unb.br/concursos/tcu_13_auditor. A taxa é de R$ 120.
A seleção será feita por meio de prova objetiva (conhecimentos básicos e específicos) e discursiva (conhecimentos básicos e específicos), que serão aplicadas nas cidades de Brasília, Macapá, Manaus, Cuiabá, Belém e Porto Velho. A perícia para candidatos com deficiência também serão feitas nessas cidades. O programa de formação (segunda fase) será realizado somente em Brasília.
As provas objetivas e discursivas serão aplicadas na data provável de 13 de outubro, nos turnos da manhã e tarde.
O concurso terá validade de 90 dias improrrogáveis e não poderá ser prorrogado.

Fonte :G1

 


O Tribunal de Contas da União (TCU) divulgou edital de concurso público para 29 vagas de auditor federal de controle externo. Do total das oportunidades, 1 vaga é reservada para candidatos com deficiência. O salário é de R$ 12.076,90.
No site do Cespe/UnB, é possível ver o edital (acesse o edital).
Todas as oportunidades são para o cargo de auditor federal de controle externo – área controle externo – especialidade auditoria governamental – orientação auditoria governamental.
Para participar da seleção, os candidatos devem ter nível superior em qualquer área de formação. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.
As atividades do cargo são: desenvolver atividades de planejamento, de coordenação e de execução relativas à fiscalização e ao controle externo da arrecadação e aplicação de recursos da União, bem como da administração desses recursos, examinando a legalidade, a legitimidade, a economicidade, a eficiência e a efetividade em seus aspectos financeiro, orçamentário, contábil, patrimonial e operacional, dos atos jurisdicionados ao Tribunal de Contas da União.
As vagas são para Brasília (19), Amapá (2), Amazonas (2), Mato Grosso (2), Pará (2) e Rondônia (2).
As inscrições devem ser feitas entre os dias 19 de agosto a 3 de setembro pelo site www.cespe.unb.br/concursos/tcu_13_auditor. A taxa é de R$ 120.
A seleção será feita por meio de prova objetiva (conhecimentos básicos e específicos) e discursiva (conhecimentos básicos e específicos), que serão aplicadas nas cidades de Brasília, Macapá, Manaus, Cuiabá, Belém e Porto Velho. A perícia para candidatos com deficiência também serão feitas nessas cidades. O programa de formação (segunda fase) será realizado somente em Brasília.
As provas objetivas e discursivas serão aplicadas na data provável de 13 de outubro, nos turnos da manhã e tarde.
O concurso terá validade de 90 dias improrrogáveis e não poderá ser prorrogado.

Fonte :G1
Leia Mais

INSS abre concurso para 300 vagas de analista

 

O INSS abriu nesta segunda-feira (12) as inscrições do concurso público para 300 vagas de analista do seguro social, sendo 274 vagas para os candidatos de ampla concorrência e 26 vagas para os candidatos com deficiência. O salário é de R$ 7.147,12.

No site da Funrio, é possível ver o edital (acesse aqui o edital)

As atividades do analista são instruir e analisar processos e cálculos previdenciários, de manutenção e de revisão de direitos ao recebimento de benefícios previdenciários; proceder à orientação previdenciária e atendimento aos usuários; realizar estudos técnicos e estatísticos; executar, em caráter geral, as demais atividades inerentes
às competências do INSS.

As vagas são distribuídas nas seguintes áreas de formação: estatística, administração, ciências contábeis, direito, engenharia civil, engenharia mecânica, engenharia elétrica, engenharia de telecomunicações, engenharia com especialização em segurança do trabalho, arquitetura, tecnologia da informação, terapia ocupacional, pedagogia, psicologia, comunicação social (jornalismo e publicidade e propaganda), fisioterapia e letras.

As inscrições estarão abertas no período de 12 de agosto a 13 de setembro pelo site www.funrio.org.br. A taxa de inscrição é de R$ 67,21.

As vagas estão distribuídas nas Superintendências Regionais e Administração Central:
Superintendência Regional Norte Centro-Oeste (circunscrição AC, AM, AP, DF, GO, MS, MT, PA, RO, RR e TO), Superintendência Regional Nordeste (circunscrição PE, AL, BA, CE, PB, RN, SE, MA e PI), Superintendência Regional Sudeste I (circunscrição SP), Superintendência Regional Sudeste II (circunscrição MG, ES e RJ), Superintendência Regional Sul (circunscrição SC, PR e RS) e Administração Central (circunscrição Brasília).

Os candidatos poderão ser lotados em quaisquer unidades subordinadas às
Superintendências Regionais para qual concorre, de acordo com o interesse da administração

A prova objetiva está prevista para o dia 13 de outubro, no período da manhã, e acontecerá em 98 cidades, que estão listadas no anexo III do edital. As disciplinas que estarão nas provas de todos os cargos são língua portuguesa, ética no serviço público, noções de informática, noções de administração, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional e noções de direito previdenciário.

O concurso tem a validade de um ano, que pode ser prorrogada por igual período.

Fonte:G1
 

O INSS abriu nesta segunda-feira (12) as inscrições do concurso público para 300 vagas de analista do seguro social, sendo 274 vagas para os candidatos de ampla concorrência e 26 vagas para os candidatos com deficiência. O salário é de R$ 7.147,12.

No site da Funrio, é possível ver o edital (acesse aqui o edital)

As atividades do analista são instruir e analisar processos e cálculos previdenciários, de manutenção e de revisão de direitos ao recebimento de benefícios previdenciários; proceder à orientação previdenciária e atendimento aos usuários; realizar estudos técnicos e estatísticos; executar, em caráter geral, as demais atividades inerentes
às competências do INSS.

As vagas são distribuídas nas seguintes áreas de formação: estatística, administração, ciências contábeis, direito, engenharia civil, engenharia mecânica, engenharia elétrica, engenharia de telecomunicações, engenharia com especialização em segurança do trabalho, arquitetura, tecnologia da informação, terapia ocupacional, pedagogia, psicologia, comunicação social (jornalismo e publicidade e propaganda), fisioterapia e letras.

As inscrições estarão abertas no período de 12 de agosto a 13 de setembro pelo site www.funrio.org.br. A taxa de inscrição é de R$ 67,21.

As vagas estão distribuídas nas Superintendências Regionais e Administração Central:
Superintendência Regional Norte Centro-Oeste (circunscrição AC, AM, AP, DF, GO, MS, MT, PA, RO, RR e TO), Superintendência Regional Nordeste (circunscrição PE, AL, BA, CE, PB, RN, SE, MA e PI), Superintendência Regional Sudeste I (circunscrição SP), Superintendência Regional Sudeste II (circunscrição MG, ES e RJ), Superintendência Regional Sul (circunscrição SC, PR e RS) e Administração Central (circunscrição Brasília).

Os candidatos poderão ser lotados em quaisquer unidades subordinadas às
Superintendências Regionais para qual concorre, de acordo com o interesse da administração

A prova objetiva está prevista para o dia 13 de outubro, no período da manhã, e acontecerá em 98 cidades, que estão listadas no anexo III do edital. As disciplinas que estarão nas provas de todos os cargos são língua portuguesa, ética no serviço público, noções de informática, noções de administração, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional e noções de direito previdenciário.

O concurso tem a validade de um ano, que pode ser prorrogada por igual período.

Fonte:G1
Leia Mais

Apostila Pre - Vestibular



Como todos sabem conquistar uma vaga em uma universidade pública  não é fácil, é necessário muito estudo e  dedicação para conseguir a tão sonhada aprovação. Para auxiliar vocês nessa tarefa , disponibilizei para download umas excelentes apostilas de pré vestibular, vocês podem baixar o material por disciplina em pdf ou ler online.Bom proveito.  

Obs:Clique em cima da disciplina para baixar e conferir o material

 Disciplinas








  

Pessoal! Aqui está mais umas apostilas de pré vestibular, material muito bom, com páginas ilustradas que facilitam o aprendizado, vale a pena o download. Façam bom proveito.  

Tam.27,99 mb



Como todos sabem conquistar uma vaga em uma universidade pública  não é fácil, é necessário muito estudo e  dedicação para conseguir a tão sonhada aprovação. Para auxiliar vocês nessa tarefa , disponibilizei para download umas excelentes apostilas de pré vestibular, vocês podem baixar o material por disciplina em pdf ou ler online.Bom proveito.  

Obs:Clique em cima da disciplina para baixar e conferir o material

 Disciplinas








  

Pessoal! Aqui está mais umas apostilas de pré vestibular, material muito bom, com páginas ilustradas que facilitam o aprendizado, vale a pena o download. Façam bom proveito.  

Tam.27,99 mb

Leia Mais

LDB em Audio mp3

Lei de Diretrizes e Bases em Áudio



 
LDB em mp3, mais um ótimo material para quem está precisando estudar essa lei. O arquivo contém  seis arquivos de audios de +- 2,9 a 3 mb cada. O arquivo completo é 14,9 MB. Quem quiser baixar o audio um a um, disponilizei um link opcional abaixo do arquivo principal. Façam bom proveito. Obs. Use o Winrar para descompactar o arquivo.


Quem preferir baixar o audio um a um aqui está o link

Download (Mediafire)

Para quem esta com duvida de como fazer o download no MediaFire , após clicar no link acima você será direcionado para uma pagina onde estão os áudios clique cima do arquivo de sua preferência, irá aparecer a opção para ouvir online ou baixa-lo para seu computador.



Lei de Diretrizes e Bases em Áudio



 
LDB em mp3, mais um ótimo material para quem está precisando estudar essa lei. O arquivo contém  seis arquivos de audios de +- 2,9 a 3 mb cada. O arquivo completo é 14,9 MB. Quem quiser baixar o audio um a um, disponilizei um link opcional abaixo do arquivo principal. Façam bom proveito. Obs. Use o Winrar para descompactar o arquivo.


Quem preferir baixar o audio um a um aqui está o link

Download (Mediafire)

Para quem esta com duvida de como fazer o download no MediaFire , após clicar no link acima você será direcionado para uma pagina onde estão os áudios clique cima do arquivo de sua preferência, irá aparecer a opção para ouvir online ou baixa-lo para seu computador.



Leia Mais
 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2011. Material para Concursos - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger